30/06/2014

O senhor dos ladrões

O senhor dos ladrões
Titulo: O senhor dos anéis
Autor(a): Cornelia Funke
Editora: Cia das letras
ISBN: 978-85-63255-41-9
Avaliação: 


   Sabe aquela sensação de gostar tanto do livro que quando você termina de ler a última palavra e fecha ele você sente um pedaço de si faltando , e pergunta baixinho ou em pensamento "O que vai ser da minha vida agora?". Foi isso que eu senti ao terminar de ler o senhor dos ladrões.
   Uma estória que se passa em Veneza, e tem como protagonistas cinco crianças que vivem em um cinema abandonado, e vão sobrevivendo com o dinheiro dos roubos do grande senhor dos ladrões e de seus pequenos furtos. A harmonia em que eles vivem é quebrada quando a tia de dois dos integrantes descobre o paradeiro deles, relembrando das histórias que a mãe deles contava sobre como Veneza era uma cidade mágica, e contrata um detetive para encontrá-los.  Ao mesmo tempo que mentiras vão ser descobertas e um grande roubo vai desenterrar um mistério tão antigo quanto os canais de Veneza e tão mais fantástica quanto qualquer história que eles escutaram antes de dormir.
   A narrativa do livro é super leve e rápida, e os personagens são muito cativantes Mesmo sendo crianças que roubam a autora frequentemente nos lembra da inocência deles, como o ato deles brincarem toda a hora, ou escutarem histórias antes de dormir.
  O fato de terem tido caminhos difíceis e não terem uma familia ou ainda terem uma familia que não os acolhessem ou demonstrassem amor, fez com que eles adotassem uns aos outros como sua familia. E você no decorrer da narrativa começa a perceber que família é muito mais que laços biológicos, e que a real familia são aqueles que amamos. 
   A caminhada dos personagens ainda é cercada por um grande mistério, mas que para mim fica pequeno diante da interação, dos conflitos, das reviravoltas e principalmente do afeto que os personagens sentem um pelo outro. Também dou destaque à edição que está muito bonita, cada capitulo trás uma ilustração no começo e no final oque era de se esperar já que a autora também é ilustradora. 
  A leitura pra mim foi boa, li ele em três dias e já quero ler de novo, de novo e de novo na esperança de que se torne infinito.


   "Os adultos não se lembram mais como era ser criança.
     Mesmo quando dizem que sim...
     Eles não lembram. Acredite.
     Esqueceram tudo.
    Como o mundo parecia grande.
    Que podia ser dificil subir numa cadeira.
    Como era sempre ter que olhar pra cima?
    Esqueceram.
    Não se lembram.
    Você também vai se esquecer.
    Às vezes os adultos falam como era boa a sua infância
    Eles até sonham em voltar a ser criança .
    Mas com o que eles sonhavam quando eram crianças?
    Você sabe?
    Acho que eles sonhavam com o momento em que finalmente seriam adultos." 


Até o próximo post!
-David Ramos

6 comentários:

Nina disse...

Uau, parece ser um livro e tanto. Nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa para lê-lo.

Beijos,
Nina & Suas Letras

Livy disse...

Oie =)

Adorei a dica. Este é um livro que já vi, mas não conhecia nada sobre ele, e agora fiquei curiosa para conferir.

Beijos,
Livy
No Mundo dos Livros

Leoana Melo disse...

Amei a resenha. Tenho um livro da Cornelia Funke mas ainda não consegui ler. E também passei aqui para avisar que te taguei lá no meu blog.

http://agarotacomoslivros.blogspot.com.br/2014/07/tag-meu-marido-literario.html

Beijos
Leoana Melo
http://agarotacomoslivros.blogspot.com.br/

Leoana Melo disse...

Oi Daiana, passei aqui para te avisar que indiquei você em uma tag lá no meu blog. Achei super divertida e achei que você também gostaria.
http://agarotacomoslivros.blogspot.com.br/2014/07/tag-meu-marido-literario.html

Amei o livro, gosto muito da escrita do Cornelia Funke, mas ainda não conhecia esse trabalho dela. Vai entrar para a minha lista de compras.

Beijos.
Leoana Melo
http://agarotacomoslivros.blogspot.com.br/

Danie Sobral disse...

Nunca tinha ouvido falar desse livro. Mas parece ser legal :) Gostei!

http://agindodiferente.blogspot.com.br/

Carol Teles disse...

Cornélia Funke é diva até escrevendo lista de supermercado.
Eu sou louca para ler esse livro! Acho que ele tem uma pegada de Oliver Twist com Peter Pan que beira o fanatismo maravilhoso.
Sua resenha ficou maravilhosa! De verdade! Me deixou com mais vontade ainda de ler.

p.s. tentei seguir seu blog mas deu problema. Sabe dizer se é com todo mundo ou só comigo?

bjus
terradecarol.blogspot.com

 renata massa